Rotas turísticas estratégicas do Brasil passam por diagnóstico

Começou o mapeamento e diagnóstico de 30 rotas turísticas estratégicas do Brasil, distribuídas em 158 municípios e contempladas pelo programa Investe Turismo. A parceria, firmada entre o Ministério do Turismo e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em outubro, permitirá traçar as condições de transporte nessas rotas, incluindo a estrutura existente, integração dos modais e a disponibilidade de informações aos turistas.

Na avaliação do secretário nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões do Ministério do Turismo, Lucas Fiuza, a oferta de infraestrutura e integração entre os diversos modais de transporte é determinante para o desenvolvimento de destinos turísticos.

“Este diagnóstico será fundamental para que consigamos planejar melhorias de infraestrutura nestas rotas e proporcionarmos mais conforto, segurança e viabilidade aos turistas nos deslocamentos”, justifica o secretário. “Assim, vamos oportunizar investimentos no setor e importantes parcerias que vão gerar mais empregos e renda no Brasil.”

O mapeamento abrangerá os modais rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo das 30 rotas turísticas do programa Investe Turismo e possibilitará o planejamento de melhores condições ao transporte turístico de passageiros.

Levantamento de legislações e resoluções que podem ser aprimoradas e mapeamento de infraestruturas e serviços de rotas turísticas, inclusive, com visitas, já estão em curso.

Além do diagnóstico das necessidades específicas no que se refere ao deslocamento de pessoas, a parceria com a universidade prevê o desenvolvimento de uma estratégia de capacitação aos setores públicos locais e entidades privadas ligadas ao turismo. E, ainda, o desenvolvimento de uma base georreferenciada com os principais elementos de infraestrutura e informações das 30 rotas turísticas.

Investe Turismo

O programa Investe Turismo é um esforço conjunto entre Ministério do Turismo, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) para acelerar o desenvolvimento, aumentar a qualidade e a competitividade de 30 rotas turísticas estratégicas distribuídas em 158 municípios do país. O programa prevê investimentos e ações de incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, melhoria de serviços, inovação e marketing.

Conheça as rotas do programa

Com informações do Ministério do Turismo

Fonte: Governo do Brasil