Solidariedade e diversidade marcam programação paralela da Feira do Peixe em São Miguel das Missões

0
405

Um expressivo público, de diferentes idades e pontos do município, aproveitou as oportunidades do 2º Dia da Solidariedade, realizado paralelamente à 18ª Feira do Peixe e 15ª Feira de Produtos Coloniais e Artesanato, em São Miguel das Missões, nesta quarta-feira (12/04). A comercialização de peixe e de alimentos da agricultura familiar segue das 9h às 23h desta quinta-feira (13/04).

Exames de saúde, corte de cabelo, dicas de combate ao Aedes Aegypti, brechó solidário, orientações nutricionais, Unidade móvel Odontológica, troca-troca de semente e mudas, pintura de rosto infantil, contação de história, fotografia, orientação e demonstração de pilates, análise postural, massagem terapêutica, designer de sombrancelhas e brinquedos para crianças, estiveram entre as atrações do 2º Dia da Solidariedade realizado no Salão Multiuso, com o apoio de diversas entidades e voluntários da comunidade. Todos os espaços foram preparados para receber as pessoas que tiveram a oportunidade de participar de diferentes atividades.

O evento é uma promoção da Emater/RS-Ascar, Cooperativa  dos Agricultures Familiares de São Miguel das Missões (Coopaf) e a Administração Municipal, através da Secretaria Municipal da Agricultura. Também se engajaram no Dia da Solidariedade, a Secretaria Municipal de Saúde e
de Obras e a Assistência Social, com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Miguel das Missões, bem como voluntários da comunidade.
No dia 07/04, a versatilidade culinária do pescado também esteve simbolizada o 8º Jantar do Peixe, onde foram servidos peixe frito e assado, , salpicão, bolinho e torta fria. Os pratos foram preparados pela Emater/RS-Ascar, Coopaf e Clube de Mães do Assentamento da Barra. Os recursos arrecadados com o Jantar serão divididos entre a Cooperativa e o Clube de Mães.

Para a extensionista social da Emater/RS-Ascar, Fátima Primaz, eventos como esse trazem à tona a valorização humana, com oportunidades de “mostrar os resultados do trabalho de famílias rurais, de fomentar a ação solidária dos voluntários em doar seu trabalho como o corte de cabelo e a massagem, além de promover a autoestima entre os beneficiários”.

Fonte: Emater/RS-Ascar – São Miguel das Missões