UFSM leva dança contemporânea para as Ruínas de São Miguel

0
197
views

Acadêmicos e professores dos cursos de Dança da UFSM realizaram, entre os dias 15 e 29 de dezembro, ações do Projeto de Extensão “De terra seus corpos” em São Miguel das Missões. Foram realizadas atividades educativas no Museu das Missões, exercícios de criação no Sítio Histórico de São Miguel Arcanjo e ações culturais na Aldeia Tekoá Ko’Enjú, junto à comunidade guarani.

Estas ações extensionistas culminaram com as seis noites de apresentações da temporada 2018 do espetáculo Som e Luz em Corpos.

Com coreografia dos professores Mônica Borba e Crystian Castro e com a direção geral do professor Odailso Berté, o espetáculo Som e Luz em Corpos põe em diálogo a dança contemporânea com a arquitetura monumental das Ruínas de São Miguel, dando corpo e movimento ao tradicional espetáculo de Som e Luz existente no Sítio Histórico desde o final dos anos 70.

A música composta por Jorge Preiss, o texto escrito por Henrique Gazzana e as vozes gravadas por Fernanda Montenegro, Maria Fernanda, Lima Duarte, Paulo Gracindo e outros atores em 1978, foram coreografadas e dançadas por 20 bailarinos dos cursos de dança da UFSM.

Movendo-se pelos espaços iluminados do Sítio Histórico, eles dão vida às personagens Terra, Ruínas, Sepé Tiarajú, Padre Antônio Sepp, colonizadores espanhóis e portugueses e índios e índias guarani.

Os efeitos cênicos e visuais do espetáculo realizado à noite, à céu aberto, criam imagens deslumbrantes, como se a saga missioneira ressurgisse no mesmo palco natural onde a história aconteceu há quase 400 anos.

Foto colorida horizontal mostra crianças indígenas cantando enquanto um indígena adulto toca violão
Ações culturais na Aldeia Tekoá Ko’Enjú

No ano de 2019, o Projeto de Extensão “De terra seus corpos” ampliará suas atividades com o objetivo de realizar a segunda temporada do espetáculo Som e Luz em Corpos com mais bailarinos e figurantes no elenco, seguir com as ações culturais junto à Aldeia Tekoá Ko’Enjú de São Miguel e também com os estudantes indígenas da UFSM.

Estas ações artísticas e extensionistas são realizadas por meio de um convênio celebrado entre a UFSM/Fatec, através do curso de Dança-Licenciatura, e a Prefeitura de São Miguel das Missões, através da Secretaria de Turismo, com o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Associação dos Amigos das Missões.

Fotos: Divulgação
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria