Com 50 anos de história no ensino superior, URI Santo Ângelo completou 27 anos como Universidade Comunitária

Com 50 anos de história no ensino superior, URI Santo Ângelo completou 27 anos como Universidade Comunitária

21 de maio de 2019 0 Por admin

Com mais de 50 anos de história no ensino superior, a URI Santo Ângelo completou no domingo, 19, 27 anos como Universidade, condição que exige a manutenção de pesquisa científica e projetos de extensão, além do ensino e que, no caso da URI, a aproxima e compromete junto aos Missioneiros, pelo fato de ser comunitária. Como tal, é integrante do Consórcio de Universidades Comunitárias Gaúchas- COMUNG, que reúne PUC/RS, Unisinos, Feevale, UNISC e Unijuí, entre outras. Fundado em 1993, tem como compromissos básicos a qualidade universitária, a democracia, a comunidade, a participação no processo de desenvolvimento social, cultural e econômico da região e com a manutenção de suas características de instituição pública não-estatal.

Foi a partir de 1992, que a então Fundames uniu-se a instituições de ensino superior de Frederico Westphalem e Erechim, mais tarde a São Luiz Gonzaga e Cerro Largo e Santiago, constituindo uma Universidade multicampi e comunitária.

Referência educacional na região, o câmpus de Santo Ângelo conta com cerca de quatro mil estudantes, oriundos de 70 municípios, que têm à disposição 22 opções de ingresso em cursos de graduação, pós-graduação lato-sensu e stricto-sensu – mestrados e doutorado, além da Escola de Educação Básica e Profissionalizante.

Com um corpo docente qualificado – mais de 90% são mestres e doutores – a Universidade mantém convênios que possibilitam a mobilidade internacional para estudantes e professores. A estrutura física do câmpus mantém 124 laboratórios em diferentes áreas do conhecimento, uma biblioteca com mais de 150 mil exemplares, dois ginásios de esportes e três auditórios.

O desenvolvimento regional e a inovação caracterizam-se como foco da Instituição na prática. Nesse sentido, merecem destaque projetos como a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica – Urinova; o Tecnouri Missões – Parque Científico e Tecnológico da Região das Missões; o Polo de Modernização Tecnológica das Missões; e o NITT – Núcleo de Inovação e Transferência Tecnológica da URI Santo Ângelo.

Enquanto a reitoria da URI tem sede em Erechim, Santo Ângelo sedia a FuRI – Fundação Regional Integrada, que é a mantenedora da Universidade, instituição constituída por seis unidades: Santo Ângelo, Erechim, Frederico Westphalen, Santiago, São Luiz Gonzaga e Cerro Largo.

Atualmente, o reitor da URI é o professor Arnaldo Nogaro e o presidente da FuRI, o professor Jacson Roberto Cervi.

O câmpus de Santo Ângelo tem como diretor-geral Gilberto Pacheco, diretor-acadêmico Marcelo Stracke e diretora-administrativa, Berenice Rossner Wbatuba.