Promoção à saúde recebe ênfase em Seminário de Ervas e Plantas Medicinais

Promoção à saúde recebe ênfase em Seminário de Ervas e Plantas Medicinais

9 de agosto de 2019 0 Por admin

Em uma proposta de promoção e orientações em relação à saúde e ao bem-estar, a Emater/RS-Ascar e a Prefeitura de São Paulo das Missões, através da Secretaria Municipal de Saúde, promoveram nesta quarta-feira (07/08) a 8ª edição do Seminário de Ervas e Plantas Medicinais. O evento, que é a culminância de um trabalho permanente de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters) realizado no município, contou também com o apoio das Pastorais da Saúde e da Criança, Banco do Brasil, Banrisul, Sicredi, Cresol e Cermissões.

A prefeita de São Paulo das Missões, Noeli Maria Borré Ruwer, destacou que oportunidades como essa são efetivadas graças à parceria contínua de instituições para diferentes ações que fazem a diferença na história de famílias e da comunidade. O chefe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, Júnior Kessler, reconheceu que estas parcerias viabilizam muitas ideias e facilitam o trabalho de Assistência Técnica e Social realizado.

Estudo Inédito
As agentes de saúde de São Paulo das Missões foram protagonistas de um levantamento inédito sobre o uso de plantas medicinais por famílias locais em seu cotidiano. Os resultados foram apresentados durante o Seminário pelo secretário municipal da Saúde, Jorge Fank, indicando as principais plantas medicinais consumidas pelos moradores do município e demonstrando a importância que estas ainda possuem na promoção da saúde local. “O consumo é muito maior do que imaginávamos. São 122 plantas indicadas por 223 famílias que responderam ao questionário”, destaca Fank, ao explicar também que a pesquisa foi incentivada pela Emater/RS-Ascar. Apenas cinco famílias informaram não usar ervas e plantas medicinais e uma família declarou usar somente no chimarrão.

O secretário reiterou que ao longo do ano são diversas as ações realizadas que valorizam esse contexto, como curso sobre ervas e plantas medicinais para agentes comunitários de saúde através da Plataforma Avasus, auxílio na manutenção do horto comunitário paroquial, participação nas ações das Pastorais da Criança e Saúde e integração com as atividades desenvolvidas pela Emater/RS-Ascar.

Na oportunidade, o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, Jorge Lunardi, apresentou orientações sobre o uso terapêutico das principais plantas citadas pelas famílias no levantamento, entre elas o boldo, o alecrim, a espinheira santa, a erva-doce, a melissa, a alcachofra, o gengibre e a cidreira.

Atuantes nas Pastorais da Saúde, a Irmã Ângela Kreutz, de São Paulo das Missões, e a Irmã Maria da Graça Postai, de Campina das Missões, relataram o trabalho voluntário realizado há décadas nestes municípios, de modo especial os cuidados necessários com a identificação, coleta, armazenagem e uso adequado de plantas medicinais. Também reiteraram a importância do aprendizado mútuo e da valorização do conhecimento popular e científico.
Bem-estar e Práticas Integrativas e Complementares em Saúde
Diferentes possibilidades de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, regulamentadas na Política Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), foram apresentadas pelas enfermeiras da 14ª Coordenadoria Regional de Saúde, Fabiane Cristine da Silva e Tamara Grando. Acupuntura, auriculoterapia, homeopatia, plantas medicinais e fitoterapia, termalismo social, medicina antroposófica, apiterapia, aromaterapia, hipnoterapia, meditação, Reiki, Shantala e yoga são algumas das práticas reconhecidas e disponibilizadas.

Em sua explanação, a fisioterapeuta Anne Kailine Urnau abordou questões simples e importantes que podem contribuir com a saúde e o bem-estar, a exemplo da adoção de uma alimentação saudável e do combate ao sedentarismo e ao stress como formas de prevenção de doenças. Durante o evento, os participantes tiveram a oportunidade de participar de troca de mudas e plantas medicinais que trouxeram de suas casas.

Fóruns pela Vida
O uso de plantas medicinais e outras práticas que podem contribuir com a qualidade de vida, conforme a assistente técnica regional Social da Emater/RS-Ascar, Lisete Primaz, serão temas abordados nos Fóruns pela Vida, que ocorrem no mês de agosto. Nas Missões o Fórum pela Vida chega a sua 7ª edição no dia 21/08. O evento inicia às 9h, no Parque Municipal Norberto Guilherme Tenkaten, em São Pedro do Butiá, com participação prevista de mais de 20 municípios.

O 18º Fórum pela Vida na Fronteira Noroeste será sediado por São José do Inhacorá, no dia 28/08, a partir das 9h, no Ginásio de Esportes, com previsão de participação de mais de mil pessoas. O tema central será “Deixe Viva a sua Vida”, com discussões sobre porque as pessoas adoecem, uso popular de plantas medicinais e orientações sobre atividade física.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional Santa Rosa
Jornalista Deise A. Froelich
[email protected]
(55) 3512-6665 / (55) 9 9979-8195
www.emater.tche.br

Fonte: EMATER/RS