Cerca de 10 mil peças doadas para Campanha do Agasalho vão passar por sanitização para eliminar vírus e bactérias

Na segunda-feira (6/7), a partir das 8h30, cerca de 10 mil peças de roupas doadas para a Campanha do Agasalho 2020 do governo do Estado vão passar por um processo de sanitização com ozônio para eliminar vírus, fungos, bactérias e ácaros. 

Em época de pandemia de Covid-19, as doações passam por um período de quarentena de 72 horas antes do manuseio e da triagem. A sanitização para controle microbiológico elimina essa etapa, o que possibilita a triagem e a entrega mais rápida de doações a prefeituras e instituições beneficentes.

A empresa Alephox Technologies, de Garibaldi, vai realizar, de forma gratuita, a sanitização das peças na Central de Doações da Defesa Civil, no Centro Administrativo do Estado, em Porto Alegre.

O procedimento de controle microbiológico utiliza tecnologia de ponta para eliminar e impedir a proliferação de vírus, bactérias, fungos e ácaros. Conforme a empresa, não é prejudicial a humanos, animais ou ambiente, além de não deixar manchas ou odores.

Texto: Ascom Defesa Civil
Edição: Secom

Fonte: Portal do Estado do Rio Grande do Sul