PGE bate recorde e soma mais de R$ 1 bilhão em arrecadação

Mesmo antes de finalizar o ano de 2019, a Procuradoria-Geral do Estado já registrou recorde em arrecadação. A busca diária para garantir, facilitar e viabilizar a regularidade de pagamentos com os contribuintes resultou no ingresso de mais de R$ 1 bilhão aos cofres do Estado do Rio Grande do Sul.

O montante é um importante reforço nas finanças do Estado e viabiliza a manutenção de políticas pública necessárias à população. É mais recurso para ser investido em educação, saúde, segurança e nas demais áreas prioritárias do governo.

O resultado, inédito no âmbito da PGE, é fruto do trabalho realizado pelas equipes da unidade especializada – Procuradoria Fiscal e Procuradorias Regionais espalhadas nas principais cidades do interior do Estado.

O ingresso dos recursos provém das mais variadas áreas de atuação da PGE. Além do resultado positivo em execuções fiscais, o montante se origina de acordos feitos durante o ano. Vitórias em Brasília, conduzidas pela Procuradoria que atua junto aos Tribunais Superiores, também colaboraram para o recorde, como no caso do julgamento envolvendo a tributação em itens da cesta básica.

Outro ponto fundamental para o alcance do resultado positivo no ano foi a consolidação e ampliação do programa Compensa-RS, que permitiu com que contribuintes em débito com o fisco regularizassem sua situação mediante o oferecimento de precatórios para quitação de dívidas.

Segundo o Procurador-Geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, o número alcançado demonstra o comprometimento das equipes da PGE com a atual situação do Estado: “Arrecadação forte é um dos pilares para retomarmos o crescimento do Rio Grande do Sul. Nossa postura sempre foi a de viabilizar o empreendedorismo correto e combater a sonegação. Para isso, utilizamos cada vez mais a criatividade, inovação e tecnologia. Esse resultado é fruto de um novo momento da PGE”.

O incremento na arrecadação é fundamental para que o Rio Grande do Sul volte a crescer e a atrair novos investimentos, tornando-se um lugar mais seguro para o empreendedor, com excelência nos serviços prestados.

Texto: Ascom PGE
Edição: Secom

Fonte: Portal do Estado do Rio Grande do Sul